Menu

Agente penitenciário é absolvido de acusação de duplo homicídio em caso de legítima defesa

A defesa do agente foi feita pelo Jurídico do SINDARSPEN, que teve uma atuação fundamental para que fosse reconhecida a inocência do rapaz
26/09/2019


A 1ª Vara do Tribunal do Júri de Curitiba absolveu sumariamente ontem (25/11) um agente penitenciário acusado de homicídio qualificado. No julgamento, ficou comprovado que ele apenas agiu em legítima defesa.

O caso aconteceu em 2015, quando dois homens tentaram assaltar o agente próximo de sua casa, no bairro Cajuru, na capital. Ao tentar se defender, o servidor disparou contra os dois assaltantes, alvejando-os fatalmente.

A defesa do agente foi feita pelo Jurídico do SINDARSPEN, que teve uma atuação fundamental para que fosse reconhecida a inocência do rapaz. O caso foi acompanhado pelo advogado da entidade especialista em Direito Penal, Mário Barbosa.


Tags: jurídico